Câmara de Solânea retorna de forma híbrida aos trabalhos com tema principal a crise HÍDRICA.

CÂMARA MUNICIPAL DE SOLÂNEA INICIA SEGUNDO SEMESTRE LEGISLATIVO DE
FORMA HÍBRIDA E FOCADA NO ENFRENTAMENTO À CRISE HÍDRICA.

Na última terça-feira a Câmara Municipal de Solânea iniciou suas atividades relativas
ao segundo semestre legislativo de 2021. Em consonância com as recomendações das
autoridades da saúde no tocante ao atual momento da pandemia de Convid-19, o
presidente Késsio Furtado protagonizou a implantação da modalidade híbrida de
trabalho, tendo os vereadores a faculdade de participar das sessões nas formas
presencial ou remota, em tempo real. Para tanto, foram adotados todos os protocolos
sanitários recomendados como o uso de máscaras e álcool em gel, além da instalação
de cabinas de acrílico para proteção dos parlamentares optantes da forma presencial;
já a participação virtual, síncrona, dos parlamentares foi viabilizada com investimentos
em recursos tecnológicos como telas de alta definição.

Satisfeito com os resultados, o presidente Késsio Furtado afirmou: “O momento é de
flexibilização, mas não de relaxamento das posturas preventivas em face da pandemia.
Por isso, de forma pioneira na região, em sintonia com o ‘novo normal’, estamos
adotando o que é irreversível: a modalidade híbrida de trabalho, o que, não temos
dúvidas, trará muito mais dinamismo e eficiência à atividade legislativa.”

Todos os vereadores presentes parabenizaram o presidente pela iniciativa, “que
atende aos anseios de todos e sinaliza para a realização de um trabalho cada vez mais
profícuo em benefício da população solanense”, disseram. Fidelizando o discurso,
discutiram com veemência a crise hídrica que atinge o município, apresentando
propostas para o enfrentamento, a exemplo do que fizeram os vereadores Flávio
Evaristo, Juninho Melo, José Porfírio, Jucian Amaral e Vanda Rodrigues, que solicitaram
aos governos estadual e/ou municipal a instalação de caixas d’água e de poços
artesianos em diversas comunidades rurais e urbanas, além do vereador Misael Morais
que defendeu a limpeza e reativação dos poços e chafarizes existentes e que se
encontrem com a capacidade comprometida por falta de manutenção; já o vereador
Pedro Prudêncio defendeu e teve aprovado requerimento solicitando à Cagepa a
imediata suspensão da cobrança da conta de água de todos os consumidores que não
estejam recebendo o precioso líquido em suas residências.

Ao agradecer o apoio recebido de seus pares, o presidente Késsio ratificou que as
sessões ocorrerão sempre às terças-feiras, com início pontualmente às 20:00 horas, e
que já está adotando as medidas necessárias ao retorno gradual do público que
desejar assistir de forma presencial às sessões, que podem ser acompanhadas
também, ao vivo, pelas redes sociais e pelo site oficial da Câmara.

 

 

 

 

 

Compartilhar